Qualquer cérebro independentemente do seu nível de funcionamento, pode ser treinado para funcionar melhor.

Tal como os computadores, o cérebro transmite pequenos impulsos elétricos. Através de uma avaliação que inclua o registo dessas ondas (Electroencefalograma – EEG), é possível verificar se existem alterações ao padrão de funcionamento cerebral e nesse caso recorrer à Neuroterapia para corrigir o padrão e alcançar níveis de desempenho mais satisfatórios.

Sinestesia
    COGNITIVA

    • Diagnósticos: Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA), Traumatismo Cranio-Encefálico (TCE), Autismo, Asperger
    • Sintomas a minorar: Problemas de sequenciação, memória, atenção, concentração, clareza mental, organização

    EMOCIONAL

    • Diagnósticos:Depressão, luto prolongado ou incompleto, perturbação bi-polar
    • Sintomas a minorar: Zanga, tristeza, impulsividade

    MOTORA

    • Diagnósticos:Paralisia, doença degenerativa progressiva (Parkinson), AVC
    • Sintomas a minorar: Falta de destreza, problemas de coordenação mão-olho, equilíbrio, espasmos musculares, tremor

    MOTIVAÇÃO

    • Diagnósticos: Depressão, falta de motivação.
    • Sintomas a minorar: Problemas em iniciar tarefas, alternar entre tarefas, deixar tarefas incompletas

    DOR

    • Diagnósticos: Fibromialgia, enxaquecas
    • Sintomas a minorar: Dor gerada pelo cérebro (má interpretação da origem e qualidade do sinal), dor vascular

    ANSIEDADE

    • Diagnósticos:Ansiedade, PHDA, Ataques de pânico, PSPT, Perturbação dissociativa, problemas de sono, DOC
    • Sintomas a minorar: Desconforto, desassossego, ruminação cognitiva, agitação, distracção, dificuldade em respirar, palpitações, exacerbação dos tremores e interrupção do sono

    CANSAÇO

    • Diagnósticos: Fadiga crónica
    • Sintomas a minorar: Cansaço enquanto sintoma principal bem como enquanto fenómeno secundário do esforço para superar a dor ou outros dos impedimentos descritos

    REACTIVIDADE

    • Diagnósticos:Perturbações de Personalidade, Borderline, epilepsia.
    • Sintomas a minorar: Hiper-reactividade, hiper-sensibilidade, sensibilidade a múltiplos químicos

    DEPENDÊNCIAS

    • Diagnósticos: Consumo e dependência de drogas ou álcool; perturbações alimentares
    • Sintomas a minorar: Falta de acesso às emoções e baixa capacidade de auto-conforto, defensividade, elevada argumentabilidade, cinismo